sábado, 27 de abril de 2013

Heart Attack - 29° Capítulo.

Large

Julie P.O.V


Meu corpo estava gelado e aquele enjoo não passava, Justin me olhava assustado e sem reação.

Justin: Eu vou te levar para um hospital. - Disse ele se aproximando de mim.
Julie: Sai daqui Justin. - Abaixei a cabeça.
Justin: Eu não vou sair. - Disse ele se abaixando a minha altura. 

Me levantei e prendi meu cabelo em um coque e lavei meu rosto e em seguida escovei os dentes. Justin permanecia na porta, observando tudo que eu fazia. 


Justin: Para de ser cabeça dura, to vendo pela sua cara que você não esta bem. - Ele passou a mão sobre o cabelo. - Eu vou te levar pra um hospital sim.
Julie: Mas que merda menino, eu não quero ir. Eu bebi um suco de Jabuticaba horrível deve ter sido isso. Agora me deixa, prometo que amanha saio da sua casa.
Justin: Que? - Disse ele assustado. - Julie, você não pode me deixar, não pode. Eu não vou deixar. Não vou.
Julie: Tem noção de como eu estou me sentindo Justin? Meus pais nunca encostaram um dedo em mim pra me bater, eu nunca esperei isso de você. Nunca. - Deixei as lagrimas caírem. 
Justin: Eu não fiz por mal Julie, você sabe mais do que ninguém como eu sempre te protejo de tudo que pode te fazer mal... - Interrompi ele.
Julie: Comece me protegendo de você, então.

Justin colocou a cabeça entre as mãos enquanto seus braços se apoiavam a sua perna. Seus olhos se direcionaram aos meus braços a onde haviam marcas da força de sua mão sobre mim. Ele se levantou nervoso.

Justin: OLHA SÓ O QUE EU FIZ COM VOCÊ, OLHA. - Ele segurava delicadamente meu braço, mostrando indignação. - Lembra quando eu te ajudei a tomar banho, porque você estava bêbada?. - Acedi com a Cabeça. - Minha vontade era de te beijar, de sentir o seu corpo no meu. Mas eu vi, eu sabia que você não estava em perfeita consciência. Naquele dia, eu falei pra mim mesmo que eu não seria um canalha e fazer nada que você não queria. - Ele virou seu rosto, o escondendo de mim. -  Mas eu fui um canalha, eu me drogo Julie, mais não é por diversão eu me drogo para me ver livre dos problemas, livre. Eu simplesmente não tenho medo da morte, não tenho medo do perigo, eu não tinha nenhum tipo de medo até você chegar na minha vida e colocar o medo mais tenebroso em mim. O medo de perder você. Medo que alguém te tire de mim, medo que apareça alguém melhor do que eu e te faça mais feliz do que eu. - A cada medida de suas palavras as lagrimas iam caindo, notei lagrimas nos olhos de Justin, mas ele era orgulhoso demais para deixar que eu o vice chorar. - Eu não sou um cara normal e nem tenho uma vida perfeita como os outros caras, eu não sou um príncipe encantado com um cavalo branco. Mas eu sou um humano, eu cometo erros , faço besteiras e depois me arrependo. Eu estou jurado de morte a muito tempo Julie, mas ninguém nunca vai me pegar. Sabe porque? Porque agora eu tenho mais um motivo pra viver até os meus 100 anos, e esse motivo é você. Eu não consigo suportar a ideia de te pensar com outra pessoa, não consigo. Talvez seja por isso que eu faço coisas sem pensar, ajo por impulso e acabo fazendo merda. - Continuou ele. - Quando eu uso droga, eu não tenho controle por mim, eu não sou como eu realmente sou. Eu me transformo em um diabo. - Ele se aproximou de mim, continuei de cabeça baixa. - Eu te amo, não me deixa. Você é tudo pra mim, tudo. - Ele me abraçou. 

Fiquei estática por alguns minutos tentando processar cada palavra dita por ele. Meu Deus o que eu faço? Me de uma luz, por favor. 

Lagrimas, lagrimas e mais lagrimas.

Ele me abraça tão forte, como se fosse um ultimo abraço.

O abracei com todas as minhas forças, vai ser difícil esquecer o que ele fez, mas eu sei que ele não faria aquilo se ele não estivesse naquele estado. 

Justin: Eu te amo muito, me perdoa. 
Julie: Eu também te amo, Justin. - Disse chorosa.
Justin: Consegue se arrumar em 1 hora?.
Julie: Porque?.
Justin: Tenho uma surpresa pra você. - Ele beijou o topo de minha cabeça e saiu.


Justin P.O.V

Desci as escadas pulando de alegria, eu não suportaria perder a minha Julie. A pessoa que se tornou exatamente tudo pra mim, tudo. 

Justin: Brigitte, Brigitte. - Gritei por ela.
Brigitte: Sim senhor Justin. - Ela veio correndo. 
Justin: Liga para aquele restaurante Juvia e faz um reserva no meu nome.
Brigitte: Pode deixar. 

Subi as escadas correndo e fui direto para o banho, fui até o closet e coloquei uma roupa e fui até o quarto de Julie. 

Justin: Você esta linda. - Abracei ela por trás enquanto ela colocava sua maquiagem em uma gaveta. 
Julie: Pra onde nós vamos Justin?.
Justin: Surpresa. - Dei um selinho nela. - Ta pronta?.
Julie: Sim.
Justin: Então vamos. - Ela acedeu com a cabeça.

Segurei forte em sua cintura enquanto descíamos. Hoje mais do que todos os dias eu percebi o quanto amo essa menina. Aquela em que eu jurei que odiaria e a que eu mais amo hoje.

Entramos no carro e fomos o caminho inteiro em um silencio profundo.

Sabia que Julie ainda estava magoada comigo, o que eu fiz foi errado, foi um absurdo. Mas eu não fiz por mal, eu não comando a mim mesmo quando estou sobre efeito da droga. Como eu disse é algo que te leva a outro mundo, mas se algo te incomoda a droga age por você. Eu nunca seria capaz de machucar a minha Julie se não estivesse sobre os efeitos dessa porcaria. 

Eu ainda me sentia mal sobre isso, mas estou disposto a me reconciliar a mostrar pra ela que eu realmente estou arrependido.

Parei o carro na frendo do restaurante e descemos.


Segurei forte em sua mão delicada e ela sorriu pra mim, nós aproximamos da recepção a onde nós levaram a melhor mesa dali.

Justin: Posso te confessar uma coisa?. - 
Julie: Pode hahah.
Justin: Você é a primeira menina em que eu levo a um restaurante, eu sempre achei isso coisa de boiola. 
Julie: Então você virou um boiola Justin?. - Disse ela rindo, daria tudo para ver aquele sorriso mais vezes.
Justin: O que não faço por você né? Viro até um bichinha. 
Julie: Isso é romântico Justin, não é coisa de "bichinha".
Justin: Pra mim é coisa de boiola mesmo. - Afirmei. 

Fizemos os nossos pedidos e ficamos conversando e logo depois comemos.

Justin: Julie.
Julie: Oi.
Justin: Eu queria te dar uma coisa.
Julie: Que coisa?. - Perguntou ela curiosa.
Justin: Eu queria tornar o que nós temos algo mais oficial. - Ela me olhou ainda confusa. Peguei a caixinha de dentro do meu bolso. Peguei sua mão e coloquei o anel em seu dedo. Julie me olhava sem expressão nenhuma. - Se não gostar, podemos trocar.
Julie: A meu Deus Justin, é lindo. - Disse ela observando o anel.
Justin: Gostou mesmo?.
Julie: Eu adorei, é perfeito. - Ela beijou minha bochecha. 
Justin: Que bom que gostou. Quer ir pra casa?.
Julie: Quero, mas será que podemos passar no McDonald tomar sorvete?. - Disse ela com cara de anjo.
Justin: Mas que gorda você em, acabou de comer uma sobremesa gigante. - Brinquei com ela.
Julie: Eu não sou gorda, tudo excesso de gostosura ta?. - Disse ela manhosa.
Justin: Coloca gostosura nisso em hahahah Mais então, vamos? - Ela acedeu com a cabeça e depois de pagar a conta fomos para o carro. 

Pousei minha mão sobre sua perna e Julie encostou sua cabeça em meu ombro. Fiz carinho em seu ombro. Tive a impressão que estávamos sendo seguidos então mudei o caminho algumas vezes, paranoia da minha cabeça. Logo chegamos ao Mc, descemos e compramos os sorvetes.

Julie: Sorvete é a melhor coisa do mundo.
Justin: Você é a melhor coisa do mundo!. - Beijei sua bochecha.

[...]

Estávamos a caminho de casa quando percebi que realmente estávamos sendo seguidos, meu coração foi a mil, eu não me preocupo nenhum um pouco comigo, mas Julie esta aqui e eu me preocupo com ela.

Justin: Julie, pega o meu celular e liga rápido pro Ryan.
Julie: Estamos sendo seguidos né?. - Droga ela já percebeu.
Justin: Liga pra ele.

Julie fez o que eu pedi e rapidamente discou o numero de Ryan, estávamos em uma rodovia vazia, continuei correndo a mais de 150/km a quantidade de carro atrás era enorme. Eu só preciso tirar Julie daqui. Ela me passou o telefone.

Ryan: Fala JB.
Justin: To sendo seguido.
Ryan: Porra Al Pacino de novo? A onde você ta?.
Justin: Vou matar esse filho da puta. Rodovia 786. Vocês precisam tirar Julie daqui.
Julie: Eu não vou em lugar nenhum sem você.
Justin: Pega todos os meus homens e vem pra cá. Eu já liguei o rastreador do carro. 
Ryan: Fica tranquilo irmão, já estamos indo.
Justin: Valeu, falo.

Eu tentava pensar em alguma coisa mais eu não tinha cabeça pra mais nada a não ser pensar em como tiraria Julie dali. 


Lindas <3

Desculpa a demora, fui jantar na minha vó e meus pais demoraram. Ficou meio chatinho esse capítulo mais amanha melhora, beijos <3

Link do grupo do Imagine Belieber (Aqui). Fale comigo (Aqui).

35 Comentários para o próximo capítulo! Não se esqueçam de se identificar. Lembrando também que não irei postar o Próximo capítulo sem a meta dos comentários <3

   Gostou da Fic, então tweet <3




Comentários
41 Comentários

41 comentários:

  1. MAAAISSSSSSSSSSSSSSSS!!!!(lelis aqui)

    ResponderExcluir
  2. Ficou irado , amei .
    continua :)
    Gih

    ResponderExcluir
  3. Veey, veey o Justin resolve fazer isso logo no dia que eu to mais chorona eu chorei muuito é serio. Esses dois a coisa masi linda do mundão inteiro. aah o mundo é o mundo, e a Julie é do Justin, aah pqpq chega de falar certinho o Justin se preucupanod com a Jul fooi fodaa, aaanww ele levou ele pro restaurante que foooooofo, ou melhor é coisa de boiola. hasuhashusahu
    Tava perfeitoo, chorrei demais perfeito peeeeerfeito

    ResponderExcluir
  4. Cara,chorei com oque o Jus disse(Eu raramente choro,então isso é estranho).......tipo,'super awnt!' e eu ameeeeeeeeeei o anel!!!!!!!!! Continuaaaa!

    ResponderExcluir
  5. JUSTIN É UM CHATO NÉ.
    EU OUVINDO MÚSICA TRISTE E QUASE CHORANDO.
    AI CARA, ELE CONSEGUE SER PERFEITAMENTE PERFEITO MESMO SENDO CHEIO DE DEFEITOS E TUDO MAIS )):
    Sei lá, esse capítulo me deixou emotiva asçlkasçhl ):
    Al Pacino: a minha pica para você, seu mal comido.
    AI AI, ESSES DOIS <3
    Até.
    Karou <3

    ResponderExcluir
  6. C o n t i n u a !pensei q ele ia pedir ela em casamento kkkk mas ta bom!conyinuaa to curiosa e parabens ta muito bom

    ResponderExcluir
  7. continua amiga ta legal (ta demais)
    by:jeynnelemos

    ResponderExcluir
  8. Continuuuuua Ta perfeito começei a lê sua IB faz um tempinho e tipo ela e IB mais perfeita que já Vi <3

    ResponderExcluir
  9. *0* OMB tomara que fique tudo beem, kkk continuaaaaa amore ;))

    ResponderExcluir
  10. COTINUUUAAAA ! Assn: Mabs Bieber

    ResponderExcluir
  11. Véi que perfeitooo, Justin todo romantico hoje, assim eu choro, shaushuashuahsa CONTINUAAAA LOGO SUA DIVA, TÁ PERFEITO!

    ResponderExcluir
  12. tá perfeeeeeeito , continua ! ♥ Gabi

    ResponderExcluir
  13. Justin sendo romântico, que lindo ,Al Pacino filho de uma mãe em, esse desgraçado morre e é o Justin que vai matar ele, Thais diva sempre né, continua logo .

    ResponderExcluir
  14. aah, adoreeei ! Continuua Ju Veloso

    ResponderExcluir
  15. Awwn que capitulo mais fofo :3 ta lindoo <33 @ursinhojustin

    ResponderExcluir
  16. Aaaaaain continuaaa ta perfeito como sempre! /isa

    ResponderExcluir
  17. Ai meu coração que capítulo perfeitoooooo , não vejo a hora de saber o que acontece para frente

    ResponderExcluir
  18. Continua logooook ta muito bom:-)

    ResponderExcluir
  19. ta demais sua ib vey,cada vez mais emocionante

    ResponderExcluir
  20. meu deus que perfeito socorrrrrrrrooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  21. fique sem net agora to na casa da minha amiga so para ler posta hj o prossimo capito

    ResponderExcluir
  22. Nossa,está muito legal Perfeitoo!! A mais ou menos uma semana atraz eu descobrir seu blog e não consigo mais parar de ler estou amando!!E tb estou muito curiosa para ler os proximos capitulos!!!
    Ass:Graziela Oliveira

    ResponderExcluir
  23. Amando..continua!
    Bjustins,Jessy!

    ResponderExcluir
  24. Demaaaaaaaaisss! Continua hoje plmdds!!!!! Isa

    ResponderExcluir
  25. porra, continua logo! ja passou da meta dos comentarios que vc queria!!

    ResponderExcluir
  26. Leitora noooooooooooooooova xD
    Minha amiga passou o link da sua fic e cara, é simplesmente PERFEITA! *UU*
    Beeeeijo,
    Carol

    ResponderExcluir