sexta-feira, 22 de março de 2013

Heart Attack - 9° Capítulo.


Justin P.O.V


Fazia alguns minutos que Julie havia dormido, estava ali fitando seu rosto. Eu não sei como reagir, não sei se me sinto bem ou mal eu tirei a virgindade dela, ela é tão inocente e frágil pra mim. E claro que ela é uma menina com curiosidades e vontades, mais eu não sei. Será que forcei a barra demais? Eu queria aquilo, pra mim era bem mais que uma necessidade de homem. Essa menina me deixa louco por completo, as vezes chega até ser meio confuso. Eu só gostei de uma menina de verdade em toda a minha vida, mais depois de muito tempo descobri que gostava como uma amiga, como uma melhor amiga, mas nada a mais que isso. E depois? bem, eu não tive mais um coração para amar mais ninguém a não ser minha família. Mas ai Julie chegou e eu não sei, ela desperta algo novo em mim. Eu não queria sentir isso, mesmo.

Já eram 02:48 da manha e eu continuava ali, com o pensamento longe. Meu celular começou a tocar. Era o Ethan.

Ligação on.

Justin: Fala.

Ethan: Desculpa te acordar essas horas chefe, mais acho que o senhor gostaria de saber que...
Justin: Fala logo Ethan, o que aconteceu?.
Ethan: Chefe o Al Pacino esteve aqui... - Interrompi ele.
Justin: O QUE? - Por um momento me esqueci que Julie dormia.
Ethan: Ele tentou entrar mais foi barrado pela segurança, com certeza ele estava atrás de você chefe.
Justin: Isso eu não tenho duvida. Eu to indo ai. - Disse me levantando.
Ethan: Ok Chefe, melhor vir com uma escolta.
Justin: Não preciso disso. Eles vão ficar pra cuidar da segurança da Julie!. - Afirmei.                 

Ligação off.

Vesti meu shorts e fui pra casa me trocar. Peguei qualquer roupa e me vesti, esse filho da pulta deve estar rodeando aqui por perto. Eu ainda fui muito bom de deixar esse merda vivo, devia ter acabado com a vida dele antes mesmo dele pensar em acabar com a minha. A questão é que não é só o Al Pacino que me quer morto, pra chegar a onde eu to passei por cima de muita gente que estava a mais tempo no ramo que eu, ninguém mandou eles não usarem a cabeça, bando de otários, não admitem que um homem de 20 anos domine uma cidade como essa.               

Justin: Kenny. - Chamei por ele.
Kenny: Sim Justin.
Justin: Al Pacino esta por aqui! Eu vou ir pra boate ver se encontro com ele por ai, fica de olho na casa, Julie vai ficar aqui. Se for preciso, tire ela daqui pelos fundos e me ligue.
Kenny: Tudo bem. Eu acho melhor você levar uma escolta, ele pode estar com mais homens.
Justin: Af eu não gosto disso, chama muito a atenção essa merda.
Kenny: Vai por mim JB, melhor chamar a atenção do que ter que voltar porque esta sem homens.
Justin: Ta, ta. Eu vou ver uma coisa no sobrado vai arrumando uns 4 carros de escolta e já esta ótimo.
Kenny: Ok JB.

Voltei pro sobrado e Julie ainda dormia, ela estava toda arrepiada e gelada. Peguei uma coberta e a cobri, desci as escadas e os carros já estavam prontos. Filho da puta deixa ele aparecer na minha frente que a minha Fiven Seven p90 vai estar preparada para recebe-lo. Entrei na minha Ferrari Italia 458 e esperava dois carros saírem enquanto os outros dois carros vinham logo atrás. Seguimos até a boate sem nenhum sinal desse filho da mãe, eu preciso pegar ele a qualquer custo. 

Cheguei e já subi para o meu escritório, eu estava irritado. Esse filho da puta devia ter aproveitado a chance que eu dei pra ele e sumir do mapa, mas não, tem que vir atrás, mas se é guerra que ele quer, é gurra que ele vai ter. Eu não entrei nessa pra brincar, entrei pra vencer e não vai ser ele quem vai me impedir. Precisava de algo que me tirasse desse transe, que me levasse pra outro mundo. Abri a gaveta e peguei a la dama blanca e fiz exatamente três carreirinhas peguei o tubinho e me aproximei tapando a outra narina e puxando com o tubinho a outra.  


Julie P.O.V

Escutei meu celular tocar, era só o despertador. Eu estava coberta e apenas de roupas intimas, então é isso? Foi real?. Corri para o banheiro e liguei o chuveiro, sentia meu corpo um pouco dolorido. Minha cabeça doía, eu estava confusa, como se tivesse me sentindo culpada por algo. Eu queria aquilo, mais não sabia se era exatamente o certo, as lagrimas invadiam minha face se juntando a água. Justin provavelmente já teve o que ele queria e agora me sinto uma idiota por isso. Depois de todos os dias em que passei odiando ele, parece que o meu coração esta mudando de lado e me deixando na mão. Estava frio lá fora, eu apenas me troquei e sai lá fora, o jardim estava ainda mais cheio de seguranças, apenas sai sem rumo, sentia aquela angustia, talvez seja saudade, ou talvez seja medo, eu não sei. Ele meche comigo de uma forma inacreditável e agora só vou ser mais uma em sua vida, isso parecia não doer tanto quando é em outras pessoas, mas quando é em você é totalmente diferente. Eu até ligaria para as meninas e pediria ajuda, mas no momento não estou afim de escutar ninguém. O vento estava forte, o tempo dava sinal de que logo uma chuva forte se iniciaria, mas eu não parecia me importar. A praia não era muito longe dali, demorou apenas alguns minutos para que eu finalmente chegasse até lá, o mar estava agitado e a chuva se iniciava, me sentei na areia abraçando minhas pernas, eu não conseguia, era inevitável não chorar, eu estou me apaixonando por um criminoso, alguém que por pior que pareça, a mim faria bem. Isso não pode estar acontecendo, não agora. Você é tão forte Julie, nunca deixou seu coração se abalar por ninguém, porque agora?. A chuva cada vez mais aumentava, eu já estava totalmente molhada. 


Justin P.O.V

Depois de ter passado a manha inteira me drogando, resolvi ir pra casa, a chuva estava muito forte e o maldito do Al Pacino ainda não apareceu. Cheguei em casa por volta das 14h30 da tarde. Kenny parecia estar nervoso, a todo momento estava passando informações pelo rádio. Passei pela porta e Brigitte já veio me encher o saco.

Brigitte: Senhor Justin...
Justin: Agora não, vai encher o saco da minha mãe quando ela voltar.

Que saco, ninguém me deixa em paz. Entrei no meu quarto e fui direto tomar um banho, me vesti. Desci para comer alguma coisa, mais quando estava descendo as escadas novamente vi Kenny andando de um lado para o outro na sala.

Justin: O que foi Kenny?
Kenny: Justin a Julie...
Justin: O que tem ela? - Perguntei em um tom alto.
Kenny: Ela saiu nessa chuva enquanto eu fui dar os novos armamentos para os novos seguranças e como eles ainda não sabiam quem ela era não impediram ela de sair e muito menos foram atrás dela.
Justin: CARALHO, QUE HORAS FOI ISSO? - Disse pegando a chave do carro novamente.
Kenny: Eram 11hrs da manha. Mais só foram me informar quando já era 13h30 da tarde, eu fui até a sala da segurança rever as imagens da câmera e ela havia mesmo saído...

Nem terminei de escutar ele e já fui saindo em direção ao carro, essa menina realmente é maluca, percebi isso desde a primeira vez que nós vimos. 

Flashback on.

Justin: Droga! A sua mãe não te ensinou a olhar pros dois lados da rua não menina? - Perguntei vendo ela caída no chão. Me aproximei dela vendo seu rosto de porcelana me olharem brava.
xxXxx: E a merda da auto escola não te ensinou a olhar a faixa de pedestres? - Disse ela tentando se levantar eu segurei em seus braços a ajudando. - Me solta!
Justin: Ta bom garota, você ta bem? Já posso ir embora ou quer que eu pague um médico pra você? Fala logo que eu não tenho tempo pra perder com babaquice. 
xxXxx: Seu Grosso, me deixa em paz! Sumir da minha frente é a melhor coisa que você faz.
Justin: Quem é você pra me chamar de grosso? Você me conhece? Sabe quem eu sou? - Segurei apertando seu braço.
xxXxx: EU NÃO SEI E NEM QUERO SABER, AGORA DA PRA ME SOLTAR QUE VOCÊ TA ME MACHUCANDO. - Disse ela se puxando e se soltando. Ela virou de costas seguindo meio mancando para o outro lado da rua e meu Deus que menina gostosa. Balancei minha cabeça seguindo para o carro, essa menina é maluca.

Flashback off.

Sai a procura dela, mais não tinha nem ideia da onde ela poderia estar. Liguei para aquelas amigas dela e nada, nenhuma delas sabia a onde Julie estava e muito menos falaram com ela hoje. Liguei pro Kenny e coloquei mais de 15 homens atrás dela, eu já não sabia mais a onde procurar. Fui tanto em lugares por perto e longe, mais nada dela. A chuva só parecia aumentar e o céu já estava começando a escurecer, eu já estava começando a ficar preocupado demais. Foi quando eu estava passando perto da praia pude ver alguém em cima dos penhascos, eu reconheceria aquela pessoa a mil metros de distancia. LOUCA, MALUCA, DOIDA! É isso que essa menina é, freei o carro bruscamente e sai correndo em direção ao penhasco. 




Postei, espero que gostem :/

Grupo do imagine belieber (aqui) s2

17 comentários para o próximo capítulo!

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                            
Comentários
19 Comentários

19 comentários:

  1. Nossa que perfeito..O que será que vai acontecer ?? OMG

    ResponderExcluir
  2. AMOR DA MINHA VIDA , CONTINUA ESSA HISTÓRIA , PELO AMOR DE DEUS ! :)))) - Natalia Assis *

    ResponderExcluir
  3. Tá peeeeeeeeeerfeito ! POSTA LOGOO !

    ResponderExcluir
  4. CONTINUUUUUA , SUA FIC É MT PERFEEITA :D

    ResponderExcluir
  5. contiua,mais que perfeito,o que ela vai fazer pelo amor de deus??

    ResponderExcluir
  6. AAA meu deus , ela num e nem doida de pular , ai meu deus so céu oq vai acontecer com ela aii :S

    ResponderExcluir
  7. Essa maluca ta num penhasco pq ?? ela quer se jogar , ela e doida ,meu deus, Justin corre a tempo de tirar essa doida dai !

    ResponderExcluir
  8. fequei curiosa, continuaaaaaaaaaa
    carla

    ResponderExcluir
  9. Aaaaah perfect...:-)
    Bianca akiee

    ResponderExcluir
  10. O.o continua oq sera que essa doida vai fazer
    - Isis

    ResponderExcluir
  11. Caralho, ela é louca. AF, MUITO PERFEITO <3
    QUERO MAISSSS <3
    JUSTEN DROGADAU EUHREURUR
    <3
    Karou

    ResponderExcluir
  12. sou APAIXONADA por IB criminal e ja tinha lido todas que pude encontrar estou acompanhando essa IB e estou me apaixonado cada vez mais .. vc escreve muito deveria ser escritora por q pelo amor... sua IB trás muitas emoções cara, diria que e uma das melhores que eu ja li.parabéns.

    ♥ Gih bieber ♥

    ResponderExcluir