segunda-feira, 19 de agosto de 2013

5° Capítulo - Baile de Mascaras.



Pov Chlöe Swan. 
Tudo estava calmo e tranquilo; já havia acordado a algum tempo, mas continuei ali na cama, abraçada com Megan. Meus olhos permaneciam fechados e eu me sentia nervosa. Escutei uma musica irritante começar a tocar e me despertei rapidamente. Olhei para o visor e vi que era Matthew. 
– Alô?  
– PERUA, ACORDA! – Disse ele, gritando. 
– Ai, não grita, bicha, eu ainda quero ter uma boa audição.  
– COLOCA, COLOCA AGORA NAQUELE CANAL DE FOFOCA. – Disse ele um pouco afobado, tinha quase certeza que ele estava abanando as mãos.  
– Não.  
– AGORA! 
– Você vai parar de gritar? 
– Vou, meu amor, AGORA COLOCA NESSA PORRA LOGO. – Ri do jeito que ele falou e peguei o controle da Tv. 
– Tá, tá. Espera. – Liguei a TV e, por pura ironia, já estava no tal canal de fofocas. – Não está passando nada de interessante. – Bufei. 
– Vai começar, olha! 
" – O Cantor Justin Bieber foi flagrado hoje, na madrugada de sexta-feira, deixando uma boate no centro de Toronto. Bieber não deixou a boate sozinho, saiu acompanhado de uma morena misteriosa e seus seguranças. Detalhe: a morena se escondia atrás da camiseta de Bieber, fazendo com que ele saísse da boate exibindo seu tanquinho – Disse ela, dando um sorriso malicioso. – Fontes que estavam presentes na boate disseram que o casal parecia muito apaixonado e estavam sempre juntos. Mais tarde os dois foram vistos juntos saindo de um hospital da Zona Leste de Toronto; Bieber deixou o lugar segurando uma criança em seus braços. Não sabemos ao certo se é sua irmãzinha, Jazmyn Bieber, pois a criança também se escondia atrás de um casaco. Em breve, voltaremos com mais notícias. – Disse ela, sorrindo." 
Meu queixo foi ao chão. 
– Agora me conta tudo, perua. – Engasguei. 
– Con-contar o quê? – Droga. 
– Ha-ha, o que você e Megan estavam fazendo com o Justin Bieber! NÃO ME DIGA QUE ELE DESCOBRIU TUDO?  
– Bate na madeira. – Quase gritei. – Não é nada disso, é só que... Vem aqui em casa e eu te conto tudo.  
– TÁXI! TÁXI! – Disse ele gritando. – Consegui, estava só esperando você me dizer isso. – Ele riu. 
– Não acredito nisso, Matthew. – Comecei a rir. 
– Acredite, darling. Daqui a pouco eu chego aí, minha musa. – Ele nem esperou que eu respondesse, desligou logo em seguida. 
Olhei para o relógio e me assustei, 16:48, eu havia dormido demais. Me levantei e deduzi que Megan não demoraria para levantar também. Fui até seu quarto e separei uma roupa para lhe dar banho assim que ela acordasse; desci as escadas e fui direto para a cozinha, Alicia estava lá comendo. 
– Como Megan está? – Perguntou ela, preocupada. 
– Está melhor agora. – Sorri. 
– Você não me contou que estava com o Justin, eu pensei que... 
– Eu não estou com ele. Ele só me ajudou por remorso.  
– Remorso? Pelo que ele te disse no dia do show? – Ela perguntou, confusa. 
– Sim! Deve ser, não tem outro motivo pra isso... 
– Eu acho que ele está interessado em você... Eu bem que vi ele te agarrando umas 4 vezes naquela boate. – Comecei a rir. 
– Ele estava tentando me ajudar, alguns caras tentaram me agarrar e ele disse que eu era namorada dele, acredita? 
– Mentira! – Ela me olhou, espantada. 
– Serio! Ele é estranho, bipolar, sabe? Enfim, agora está tudo bem, nunca mais vou ver ele. – Alicia começou a rir. 
– Acho que você vai ver ele com mais frequência do que imagina. 
– O QUE? 
– Ele é amigo do Chaz, melhor amigo, não sei. 
– Ai, que susto, Alicia! – Suspirei aliviada. – Você vai ver ele sempre, e não eu. 
– Com certeza não – Ela debochou.  
– Uh, uh, cheguei. – Disse Matthew, entrando na cozinha. 
– A bicha louca e porpurinada chegou. – Disse Alicia, provocando. 
– Com muito brilho e glamour. – Ele riu. – Senti saudades, vagaba. – Ele e Alicia se abraçaram.  
– Eu também, Matthew.  
– E você, meu amor. – Ele me abraçou. – Desenrola essa língua. 
Me ajeitei na cadeira e contei tudo para Matthew; não tudo, mas quase tudo. Megan já havia acordado e Kate me disse que lhe daria banho. Mal vi o tempo passar e já eram 20:02, agora sim eu estava começando a ficar nervosa; logo Bill estaria aqui, e só Deus sabe o que aconteceria daqui a algumas horas.  
Separei dois dos meus melhores vestidos vermelhos e longos; ambos eram lindos. Tomei meu banho e lavei meu cabelo, saí do banheiro e vi que todos estavam no meu quarto, fazendo a maior bagunça. Alicia e Matthew dançavam ao som de "Cobra Starship: One Nite" e Megan gritava pedindo para que eles colocassem seu CD do Justin; por fim, ela acabou se rendendo e dançando com eles.  
Fui pentear meu cabelo e logo depois Matthew me ajudou a seca-lo, agradeci mentalmente e continuei ali. 
– Ei, musa, o que você acha de enrolarmos as pontinhas do seu cabelo? Vai ficar diviníssimo. 
– Tudo bem. – Sorri.  
Depois de Matthew arrumar meu cabelo, foi a vez de Alicia me ajudar com a maquiagem. É claro que eu sabia muito bem fazer aquilo, mas ambos sabiam que eu estava nervosa demais para poder fazê-lo. 
Estava quase pronta, faltava escolher o vestido.  
– Chlöe? – Kate entrou no quarto. – Bill está lá em baixo, posso mandar ele subir?  
– Pode sim, depois eu escolho o vestido. – Sorri nervosa. 
Matthew e Alicia saíram do quarto, levando Megan com eles; me sentei na cama e escutei três leves batidas na porta. 
– Entre. – Falei com voz falha. 
– Com licença. – Bill sorriu. – Nervosa? 
– Mais do que você pode imaginar.  
– Vai dar tudo certo. – Ele se sentou em minha frente e segurou forte minhas mãos.  
– Estou com medo. – Afirmei.  
– Eu sei, Chlöe, acredite em mim; sei exatamente o que você está sentindo agora. Mas se isso te alivia um pouco, você não estará sozinha lá. – Ele sorriu. 
– Não? 
– Não! Se lembra que eu lhe disse, que todos estariam em pares lá? – Assenti. – Apenas três são casais de namorados. O que nos resta seis membros, três homens e três mulheres, livres.  
– Ainda não entendi.  
– Você está incluída entre as três mulheres sozinhas. O baile será a 00:00 em ponto, todos deverão estar com seus devidos pares para a valsa; ou seja, antes da valsa acontecer, você terá que achar o seu par ou vise e versa. Mas não se preocupe com isso, você é linda Chlöe, tenho certeza que a partir do momento em que pisar dentro do salão, alguém irá se prontificar para ser o seu par, e te ajudar. 
– Oh, céus. Isso está confuso. – Coloquei a mão na cabeça. – Então, quer dizer, que eu devo me unir com um homem para uma valsa? 
– Não é qualquer homem, querida, a festa estará lotada de pessoas estranhas para confundir vocês. Não será apenas uma questão de força, será uma questão de lógica também. Ganha quem for mais esperto. – Ele sorriu. – O seu par, fará de tudo para te manter viva! Lembre-se: você deverá fazer o mesmo.  
– Esse negócio de par é sério mesmo, hein. Mas isso me deixou um pouco mais tranquila... – Ri sem humor.  
– Espero que você escolha um ótimo par, Chlöe. 
– Farei o possível para isso. – Suspirei. – Você acha que o tal Chanel, é um ótimo par? 
– Sim, pelo que tudo indica, ele se torna o melhor em cada esquema que acontece, mesmo tendo uma pessoa a menos em seu grupo.  
– Certo. Eu só não entendi uma coisa. 
– O que? 
– A valsa. 
– À 00:00, um DJ avisará sobre a valsa; os doze pares deverão ir para o centro do salão. Assim que musica começar, vocês dançarão normalmente, mas quando ela parar... – Ele suspirou. – Vocês terão que agir.  
– Eu darei tudo de mim pra conseguir isso, Bill. – O abracei. 
– Eu sei, querida. – Ele beijou o topo de minha cabeça. – Termine de se arrumar, estarei te esperando lá em baixo. – Assenti e vi ele caminhar até a porta. – Ah, só mais uma coisa: Chanel estará sozinho no baile, eu digo, sem nenhum par. Faça ele te notar. – Ele me mandou uma piscadela e saiu do quarto.  
Droga!  
Como eu iria fazer ele me notar? Eu nem sei quem é esse homem.  
– Musa, você vai me desculpar. – Matthew entrou no quarto, me dando o maior susto. – Mas eu escutei tudinho. Não foi porque eu quis, eu estava passando e... 
– Está tudo bem, Math... – Sorri. – Como eu posso fazer o Chanel me notar? 
– Simples, meu amor, ele é homem. 
– Tá, mas o que isso tem a ver? 
– Der! – Ele me deu um tapa de leve no braço e caminhou até os dois vestidos vermelhos que estavam pendurados perto de minha cama. – Esse, esse vestido é perfeito! Você vai com ele, e vai parar aquele baile.  
– Você está parecendo a Alicia falando. – Ri. – Mas esse vestido é muito decotado. – Fiz careta. 
– Se você quiser, eu posso emprestar um vestido da minha bisavó pra você usar, vai ficar ótimo em você; aproveito e pego uma calcinha que mas parece um coador de café também. – Neguei com a cabeça enquanto ria e ele me olhou sério. – Levanta! 
– Não. 
– Levanta agora, Chlöe Swan! – Disse ele, me puxando. – Ótimo, agora tira esse roupão. 
– Oh, céus! – Levei minhas mãos até minha boca. – Não me diga que você descobriu que gosta de mulheres e ... 
– Ui, Perua, calma! Você é perfeita, mas eu ainda prefiro meus bofes. –  Ele riu. – Vai colocar logo esse vestido perua, vou te ajudar à arruma-lo.  
Matthew me ajudou a colocar o vestido e, apesar dele ser um pouco decotado, tinha ficado lindo. Vesti meu salto e retoquei o batom; olhei para o relógio e tive um pequeno surto, já eram 22:38, acho que eu chegaria um pouquinho atrasada.  
Pov Justin Bieber. 
– Caramba, Justin, tem muita gente aqui. – Disse Twist, logo depois que entramos no enorme salão. – Você tem certeza que o lugar é esse mesmo? Só tem gostosa aqui, bro. – Disse ele, com um sorriso malicioso. 
– Não duvido nada que sejam todas prostitutas. – Ri. 
– Você tem certeza que não tem problema?  
– O que? 
– Eu ter vindo com você! 
– Não, mas lembre-se: você precisa ir embora no exato momento em que aquela valsa começar. 
– Pode deixar, não quero morrer também. – Ele riu, zoando da minha cara. 
– Ha-ha! – Ri totalmente irônico e peguei uma bebida. 
Senti uma mão pousar em meu ombro e me virei. 
– Chanel
– John.  
– Vejo que trouxe um amigo. 
– Sim, algum problema? 
– Nenhum. – Ele sorriu sínico. – Vejo que ainda não escolheu seu par. 
– Ha muitas mulheres aqui. – Beberiquei minha bebida. – É difícil saber qual delas é uma gangster.  
– Talvez todas sejam. – Ele riu; velho maldito, estava tentando me confundir.  
– Os doze membros já estão aqui? 
– Não, ainda falta um. – Ele analisou o lugar. – Ou melhor, falta ela. 
– Ela quem? 
– Adoraria te falar quem é, mas acontece que nem mesmo eu sei quem é. – Disse ele, olhando fixamente para mim. – As recomendações dela são boas; ótimas, eu diria. Mas parece que, como você, ela também tem um segredinho. – Ele riu. 
– O que você está querendo dizer? 
– A infiltraram no meio dos membros, e exigiram que, se ela saísse viva daqui, usaria máscara e um modificador de voz. Igualzinho a você. 
– Vai ver ela também foi obrigada a participar disso. – Twist começou a rir. 
– Não me faça perder a paciência com você, Justin. 
– Eu jamais faria isso, John. – Sorri e dei mais um gole em minha bebida. 
– Como eu pensei. – Debochou ele. – Agora eu preciso ir. Boa sorte, Chanel. – Assenti, dando mais um gole em minha bebida, e ele saiu.  
Velho filho da puta! Minha mãe sempre disse que odiar alguém era algo muito ruim, que nós nunca deveríamos odiar ninguém, nem mesmo o nosso pior inimigo. Mas eu não conseguia controlar a minha raiva e o meu ódio quando se tratava dele, John Swan.  
– Esse cara é sinistro pra caramba. – Disse Twist, rindo. 
– Eu deveria matar ele... 
– E essa ela veio para matar todos nós... – Disse Twist, quase babando. 
– Que horror, cara, boca fechada não entra mosca! Está babando por que?  
Ele continuou com aquela cara de mongo e eu ri, bebi mais um gole do meu whisky e pude escutar Dance For You da minha musa Beyoncé ecoar sobre os meus tímpanos. Me virei para a entrada do salão e pude ver o motivo pelo qual Twist estava babando; droga, que mulher é essa? Seu vestido era vermelho com um pequeno detalhe na frente, tinha um enorme decote em seus seios e pernas. Seu cabelo estava delicadamente caído sobre o lado de seus braços, sua mascara era inteira prata e combinava com o detalhe de seu vestido.  
Ela terminou de descer as escadas e seguiu andando até o pequeno bar que havia ali, e se sentou. 
– Vo-você viu isso? – Disse para Twist. 
– E quem não viu? O salão inteiro parou para olha-la.  
– Eu acho que é ela.  
– Ela quem? 
– O membro que faltava. 
– Ela? Uma gangster? Meu Deus, está mais pra um anjo. 
– É isso que nós vamos descobrir agora. 
Sai arrastando Twist para o outro lado do salão, e me sentei em um banco vago que havia ao lado da bela morena. 
– Com licença, você irá participar da valsa? – Maldito, eu não tinha percebido aquele careca do seu outro lado. 
– Oi? – Disse ela se virando para o careca que havia perguntado. 
– Me desculpe a indelicadeza. – Ele riu. – Me chamo Antony. – Disse ele estendendo sua mão para ela, ela o cumprimentou e ele beijou sua mão. 
– Prazer, Antony. – Disse ela, sem dizer o seu nome. 
– Você vai participar da valsa?  
– Sim. – Disse ela um pouco desconfortável. Inacreditável, ela era a gangster que faltava. 
– E o seu par, onde ele está? – Disse ele, rindo maliciosamente. 
– É, ele, ele, está ... – Disse ela, atropelando todas as palavras. Me levantei e fiquei ao seu lado. 
– Estou aqui. – Disse firme. 
Me desculpe, Antony, mas não será dessa vez. Ri com meus pensamentos. 
– E quem é você? – Perguntou o careca, totalmente furioso.  
– Chanel, prazer em conhecê-lo. – Estendi minha mão para cumprimenta-lo e ele assentiu, nenhum pouco feliz. 
– Digo o mesmo. – Ele me encarou pela última vez e saiu, nos deixando ali.  
Me sentei novamente no banco, e ela se virou para me olhar. 
– Você é sempre assim? – Perguntou ela, quebrando o silêncio. 
– Assim como? 
– Intrometido, sabe? – Ela riu. 
– Só às vezes; mas olha, se você quiser, eu posso chamar o careca para ser o seu par, sem nenhum problema. – Ri sínico e ela negou com a cabeça. 
Avistei Twist saindo acompanhado de mais duas garotas, e ri mentalmente. Olhei para a morena que estava ao meu lado e tive a sensação de conhecê-la; até seu cheiro parecia ser reconhecido pelas minhas narinas.  
– Qual é o seu nome? – Perguntei. 
– O que?  
– Seu nome, qual é? 
– Meu nome? – Assenti e ela pareceu confusa. – Ah, meu nome é, Ch-Chelsea. Isso, é Chelsea. 
– Você mente muito mal. – Ri. – Mas tudo bem, Chelsea.  
– Garanto que seu nome também não é Chanel
– Garota esperta! – Me levantei. 
Vi o DJ pegar o microfone e olhei para o meu relógio, 23:58. Suspirei fundo e esperei ele começar a falar. 
– Boa noite! – Disse ele sorridente. – Gostaria de chamar ao centro do salão, os doze membros para a valsa da 00:00. A noite aqui, só está começando, e eu espero que todos se divirtam muito. – As pessoas começaram a bater palmas e algumas até arriscavam assobios; pobres pessoas, mal sabiam que, em alguns minutos, estariam todas em pânico, e algumas até mortas.  
Tudo por culpa dele. 
Maldito, John Swan.  
– Ei Chelsea, é melhor irmos!  
Ela assentiu e eu estiquei minha mão para que ela a segurasse; um misto de sensações passou por todo meu corpo a partir do momento em que ela segurou forte minha mão. Tentei me livrar daquela sensação e saímos para o centro do salão. Todos ali permaneciam sérios, mas não escondiam o quão perturbada suas mentes estavam. 
A musica suave começou a tocar e todos os pares se movimentavam conforme as rédeas da música; Chelsea encarava minha face como se fosse possível me olhar por trás daquela máscara.  
– Seus olhos. – Disse ela, meio confusa. 
– O que tem eles? 
– E-eu não sei, mas... Deixa para lá. – Assenti e me concentrei em meus adversários, os gravando em minha mente.  
– Hey, Chelsea. – Chamei sua atenção e ela me olhou. – Um rodopio e você corre, tudo bem? – Ela riu, entendendo o que eu disse e as notas finais da musica se delimitaram. 
Girei Chelsea em meus braços e a soltei, um rodopio e nada mais. Tirei a arma de minha cintura e me escondi atrás de um alto pilar.  
Era agir, ou morrer. 
Era tentar, e conseguir. 
Era agora, ou nunca. 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
Hey princess <3 Espero que gostem e comentem viu? amo vocês!!
Fale comigo (Aqui).
Entre no grupo da Fanfic (Aqui).
Comentários
22 Comentários

22 comentários:

  1. Nossa, sabe o que é perfeito? Acho que você não sabe... Com certeza essa fiz será maravilhosíssima! Mas o fato do Justin com a Chlöe é meio difícil né... Bom, eu acho que esse que é o 1° capítulo, muito haver com o vídeo... Amei e continua!

    ResponderExcluir
  2. Jesus me abana!Quanta perfeição garota,tô tendo um ataque!!!
    CONTIINUAAA!!


    xoxo

    ResponderExcluir
  3. socorro .. que perfeitto ameii , principalmente essa ultima parte
    COOONTINUA !!!

    ResponderExcluir
  4. OMG acabei de ler uma perfeição mais eu estou confusa o Justin é o Chanel? o Justin é famoso e criminal? essas duvidas malditas kkkk mais eu amei fofaah continua bjs da #gii

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porra naaum acreditoo eu não tava entendendo porra nenhuma vlw mais caralhoo que zikaa

      Excluir
  5. woooow pelo amor de cristo,CONTINUUUUUA!
    hdsikioda..sério tá mt foda,adorei o Matthew,amigos gays são tão divertidos e legais,haha eu tenho um monte deles,! '-' Chloe e Justin vida loka mds,to mt curiosa pro próximo cap...hahaha
    Bjuus

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus ta muito zikaa comecei a lê agora do começo,dimais não vejo a hora da próxima parte ansiosa ..,

    ResponderExcluir
  7. continua...ta perfeito..OMG ou justin eo  Chanel...bjss

    ResponderExcluir
  8. Nossa cara , que perfeitoooooooooooooooooooooooooooooooooo ! que foda , imaginando aqui os dois juntos .... scrr !! imagina quando o Justin descobrir quem é ela u-u e se ele descobrir né ?? agora vai ser tretaaa , a melhor parte das 'emoções' vão estar no próx cáp !! Eu curiosa ?? magina ..... só muuuuuuuuuuito ! o Justin é o Chanel cara .. nuss !! É O DESTINO O-O ahsuhaushauus , então é isso ....


    Continuaa divaaa , Beijusteen !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Chelsea sei, fingi q acredito.em. Justen seu criminoso lindo, nso morra, eu te amo vagabundo, vai cuida da sua filha, e.cuida da.sua mulher viu?,


    ~lou

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus... Q demais, continua por favor!!!

    By: Sophia

    ResponderExcluir
  11. Continuaaaa ta petfeitoo!so tenta n demorar mt pra postar por favor

    ResponderExcluir
  12. LEEM E DIVULGUEM ?? PLEASE !! http://sonhandocomoumabelieber.blogspot.com.br/2013/08/all-i-need-is-you-by-my-side-capitulo-14.html?showComment=1377224239416#c1364243875259689250

    ResponderExcluir
  13. Mu deus continua logo pelo amor de deus eu estou tendo um ataque de emoção eu necessito ler continua ja dia 2 de setembro continua please

    ResponderExcluir
  14. Meu Deusssss que fic perfeitaaaa eu estou super curiosa para o proximo capitulo vc tem que continuar se nao eu vou morrer de coriosidade kkkk Bjuus to amando a fic *---*

    ResponderExcluir